1 de novembro de 2017

Aos Anjos Ausentes..


Quando nos deixam sem avisar
E voam, ao infinito Lar
Enquanto uma lágrima aqui rola
Lá bem alto descansam
Anjos, que dantes nos embalavam
Com suas asas, ao longe ou perto
Dava aconchego e Paz
Para almas assombradas

Quando o Sorriso antes abundante
Se transforma em amargo, lágrima e nó
Na Garganta de um som gemido e turvo
Ecoa a voz da Alma chamando por ti
Me ampara, pois estou a desmaiar
Na Solidão dos sonhos sombrios
No Nevoeiro do anoitecer solitário

Em Paz procuro ver-te,
Meu coração às vezes sangra, de dor
A Ilusão se refaz e uma Miragem se esvai
Do deserto ardente, à noite gélida
Entre uivos de lobos e o sussurrar do vento
Meu suspiro ofegante clama por abrigo
Na Alma de Um Anjo Ausente


27 de outubro de 2017

Poeta Por Acaso

Não,
O Acaso não se faz na Poesia,
Antes de Tudo a Poesia se Funde no Caos
E do Caos o Acaso se expande ao infinito
Não,
A Paz não se compra nos shoppings
A Inspiração não se encontra nas esquinas
A Luz Surge de Dentro
Mesmo que Dentro tenha sido um dia Trevas

Talvez,
Não sorria naquele Outono,
A primavera não florescia na Alma
E o Inverno Não deixasse seu Céu
Ao Surgir o Verão
Talvez,
Se Tudo fizesse sentido agora
Amanhã não Haveria mais palavras
Do Som, não se ouviria mais nota
E a Luz, outrora radiante nos olhos,
Não mais sorriria em seu Horizonte

Sim,
Por Acaso, Sou Poeta?
No Caos se Funde a Poesia Antes de Tudo
Ao Infinito se Expande o Acaso
E Depois do Começo, Há de se esperar o Fim
Pois a Esperança Mora Logo ali
Sim,
Após o Fim há de se encontrar um Novo começo
Do Ciclo da Vida brota a Energia
Da Paz de Espírito a Bravura
E do Meio da Tormenta, Nasce a Calmaria
A Paz nunca antecedeu à Guerra
E a Luz sempre ressurgirá após a Escuridão




31 de agosto de 2017

Para Além da Magia


Para a Mulher Mais Incrível que Conheço
Não há palavras que descrevam
Impossível não sorrir ao vê-la
Não brilhar os olhos ao ouvi-la
Não palpitar o coração ao abraça-la

Nesse dia, como em outros
Especial não pelo evento, mas
Pela emoção de ter ao meu lado
Uma Pessoa tão iluminada e gentil
Que apesar de tudo me sorri ao amanhecer

Que no final do dia, ainda que cansada
Caminha ao meu lado, ofegante
Nem sempre de mãos dadas, mas Sempre
Ligados Por um Fio no coração
Invisível mas impossível de se romper

Feliz Aniversário meu Amor
E que nos anos que se seguem
Possamos sempre caminhar juntos
E lado a lado construirmos nossos sonhos
E que mesmo quando uma lágrima cair
Nasçam flores em nosso Jardim

Te Amo ❤❤



9 de maio de 2016

Meu Mundo Caiu



Quando pensei que era mais forte
E só por pretensão, te deixei ir além
Pensei que fosse ficar
E se fosse, não mais voltaria

Enquanto eu sorria, em teu colo
Você serenamente olhava o horizonte
Planejava o impensável
Sonhava com realidades distantes
E se eu Fosse, Não mais me aceitaria

Quanto Custa Sonhar Um Momento?
Acordar depois de vidas passadas
Descobrir que a realidade não é sonho
E se Fosse Não mais Acordaria?

Quando pensei que era Mais forte,
E sem pensar deixei você ir além
Pensei que fosse ficar de Pé
E se voltasse não mais ficaria

Então,
Meu Mundo Caiu
...
Aos Teus Pés








9 de março de 2016

Se eu Disser…


Se eu não soubesse onde te encontrar
Saberia onde procurar,
E dizer que Sei o que sinto
Não diz Nada,
Porque você já sabia,
Mesmo antes que eu tivesse certeza
A dúvida saía pelas frestas
Ao simples olhar da Janela
Ja nela, a Alma que canta
Assoviava
Um des-encanto
Quebrava
A armadilha
Enrolava
O laço
Amarrava
O Calcanhar
Aquiles que o diga
A prisão do Amor não é nada
Se eu disser que Minha Alma é Negra
E provar que o Negro Véu,
Ainda que na luz obscurece os sentidos
Se o Amor que eu Não disser
For feito Rosa, ou feito Rocha
Tanto faz, que seja Amor
Que seja leve na Alma,
Feito a pluma de um
...
Anjo Negro
Se eu Disser que Não Amo
Diga por favor que Minto
Que o Amo, Ama sempre
Que o Doce, ainda que amargo
Se faz com mel, aquele doce feito de Fel
Onde estivemos outro dia?
Me Lembro que Dizia,
Vamos A’o’Mar
...


8 de março de 2016

O Dia da Nega...



O Som de uma música apenas,
Não poderia reproduzir toda a admiração que sinto por você.
Em pleno Céu de Inverno, Uma Luz aquece o coração,
Entre as nuvens Cinzentas que cobrem o céu.
Não há Poema que descreva, não há declaração que esclareça,
A Alma de Mulher que Habita esse Corpo singelo.
Em um dia apenas não dá para homenagear, quem dia após dia faz a Vida valer a pena,
Faz sorrisos se abrirem ou lágrimas de emoção rolarem…
Um dia Apenas, seria muito mesquinho, pra se dedicar a Ela
Mas, Hoje é o Dia…
Entre tantos outros um dia dedicado especialmente
Em homenagem, em honra, em defesa, em apoio
À Ela, “Minha Nega” e a tantas outras
Negras, Brancas, Morenas,
As palavras me fogem no momento
Um desconforto, Misto de emoção e de veneração
Como descrever o indescritível?
Como dizer o Indizível, Como Poetizar?
Quando os Versos já se materializaram em forma humana?
Distinta de versos sons e rimas
Recheada de In-versos, Música e Ritmos
E entre todos os outros dias temos um em especial,
Entre Milhares de Homenageadas, tenho uma em Especial
Que significa mais do que Todas as demais
Uma que se torna tão especial, que não cabe aqui,
Não cabe em um dia apenas, Não cabe em um Poema apenas,
Mas coube perfeitamente em meu coração
Encaixe perfeito em minha Vida
Feliz Dia das Mulheres Erica May

PS:
Josafá, Seu Wolverine <3 <3



26 de novembro de 2015

Um Mundo à Parte

O Mundo é Um Sonho
Um sonho real,
Que sonho acordado pensando no passado
E aqui, vivendo o futuro
Vou esquecendo o presente
Não há distância, nem muros, bem paredes
O estado é de sublimação
E a vida é uma viagem
Que fazemos juntos,
Mesmo às vezes sem nos vermos
Entrando no balão do Tempo
Onde tudo é real, e a Fantasia é o Vento
O sonho nos conduz, e induz à Magia
Em um prazer indescritível
De uma vida em outro plano
Não há nada nem ninguém
Nosso mundo é só nosso
Sem os males, sem a guerra, sem as dores
Nem tambores
Mas há sim, há Música na Alma
Um som que nos acalma
Que nos leva ao infinito onde tudo,
Tudo é possível
Inclusive lá, é permitido SONHAR
...




29 de setembro de 2015

Outono...


Do Outono, 
Que aos teus pés lança
Folhas dispersas em pensamentos
De cores vívidas, de vidas quase mortas
Colorindo teu chão, descobrindo teu Céu
Entre as árvores, 
Arbustos que enxergam Estrelas
E do topo das árvores orvalho que cai 
Iluminando a relva

Da Lua,
Que no Outono brilha te mostrando a Trilho
Onde pisa teus sonhos, que embora distante
Ilumina o sorriso das almas
Que nos lábios sussurram uma prece, um poema
De tempos antigos, de poetas vividos
Que nos livros deixaram uma parte da Vida

Dos Pés
Que outrora Corriam
No Outono caminham na areia
Devagar, sem pensar, a Sonhar
E o Mar, que sempre calmo
De repente se volta em Ondas que Gritam,
“Foge! Que o Caminho é seguro!”

No Topo do monte as árvores acenam
E as Folhas Do Outono
Fazem a Trilha segura
Colorindo o Caminho
Desvendando mistérios
Que no inverno da alma
Guardamos 'ad eternum'




6 de julho de 2015

Magia Negra

...
No tempo, desatento
Em des-encontro, pesado
Pelo apego ao des-amor
Me embriago em poucas letras
Me perco no teu rítmo
E fico alucinado no teu re-pique
No big-bang do tambor
Na batida, o coração di(s/z)-para...

A noite se re-faz, Negra Magia
E os sons se polarizam
A pele se contrai
Os ritmos se confundem
Dos poros a essência
E nos sentidos uma onda

É o Som, o cheiro, o ar
No re'fl(s)exo a Magia
.....Na essência Negra
De Corpo, Alma e Espírito
Porque não é só o Tom
É o Som, a Voz a Consciência, o Ritmo...

E no des-compasso
O tempo vai, levando você
No rítmo do ritual,
Embalado pelo som das estrelas,
Na claridade do olhar
E no apagar das velas
À Brisa que soprou
E a Magia se fez
......Negra.........



30 de junho de 2015

Novas Estações...


Hoje a Lua me disse que
Teremos chuva em breve
E o Amor brotará na terra seca
Dos corações en'desertados
Das almas arenosas fluirão rios
E o caminho será florido novamente...

Haverá fruto em cada lábio
Um sorriso em cada olhar
Uma borboleta em cada flor
Uma sombra fresca em cada curva do caminho
E uma relva verde coberta pelo orvalho a cada
amanhecer.

Teremos em breve chuva,
Disse-me hoje a Lua,
E da árida Terra brotará a vida
Apesar das lágrimas, haverá alegria,
Apesar da dor haverá Felicidade,
Apesar das incertezas da Vida,
Haverá Fé...
E uma nova Semente Brotará nos corações...